Caiçara e biblioteca viva do Cambury, Tia Alcina faleceu ontem!

Ontem, dia 09 de janeiro, às 8 horas da manhã, a querida Tia Alcina descansou, depois de uma longa vida desfrutada quase sempre com os mínimos vitais. Ao lado do Sr. Genésio dos Santos (que ainda está vivo), Tia Alcina era uma das Caiçaras mais idosas do Camburi. Durante muitos anos viveu numa casinha simples e era querida por todo mundo. Conforme já dizem “sempre brilhará nos corações e na memória da população caiçara e indígena do litoral norte! Sim. Porque ela era bastante conhecida entre os índios da região e uma das poucas mulheres a falar tupi!

Uma das mulheres mais sábias do Cambury das Pedras Ubatuba SP. A anciã era uma biblioteca viva, de histórias e memórias, sobre os acontecimentos da praia e do sertão do Cambury. No dia 04 de março de 2017 ela completaria 95 anos.

O Enterro estava previsto para às 10hs no Cemitério de Cambury

O velório aconteceu hoje dia 10 de janeiro no centro comunitário.

 

Assista ao vídeo em homenagem à Tia Alcina, que deixa muitas saudades.

 

Memórias do Cambury – Quilombolas e caiçaras
https://www.youtube.com/embed/WEZ2Al3dLkM

 

Futebol intercultural na praia do Cambury – Memória

Com prazer, registramos a memória de uma partida de futebol memorável: o torneio regional de futebol intercultural foi organizado por Sr. Badeco, caiçara sanfoneiro, sociabilidade e cotidiano na Praia do Cambury, Abril de 2012.

Título: Futebol intercultural na praia do Cambury | Ficha técnica: BRASIL, 2012, colorido., 12m59s.
Resumo: este vídeo contém o registro audiovisual de uma Partida de futebol especial, realizada em 22 de abril de 2012 no campinho oficial de Cambury, à beira da praia. O torneio entre equipes reuniu vários times do litoral norte, formados por caiçaras, quilombolas e indígenas. Além de momento importante na sociabilidade e trocas de informações entre os diversos grupos sociais, o evento foi organizado por Sr. Badeco, homem simples do Cambury, tocador de sanfona, que também treina o time feminino local.
Ao final das partidas, os participantes se reuniram no Bar do Isaías e Donato, de frente para o campo, para molhar o bico e conversar com os amigos.
Tags: Futebol, Educação, Cultura, Arte, Quilombo, Indios, Brasil, Cambury
Link para a VIDEOTECA DO CAMBURY NO Vimeo: https://vimeo.com/72148259

Notícias e Programação Cultural da Fundart

“19º Festival do Camarão da Almada”

Tem início dia 26 de julho

Com apoio da Prefeitura e da Fundart, começa no próximo dia 26 o já tradicional Festival do Camarão da Almada que seguirá até o dia 29, na Praia da Almada. “A Vida, a Arte e a Cultura Caiçara” terão presença marcante. Além de gastronomia, tendo o camarão como carro chefe, a festa reúne muitos grupos musicais, corrida de canoas e outras atrações. Endereço: Praia da Almada, norte de Ubatuba, BR 101 – Km 13.

 

Oficina de Fotografia Fundart

Abre a exposição  Fotógrafos de Ubatuba no

Sobradão do Porto

Abre no próximo dia 27 e termina dia 29 a Exposição da Oficina de Fotografia da Fundart, com trabalhos dos alunos do fotógrafo oficineiro Ernesto Zambon. Com isso, além da apresentação das fotografias da oficina, que ocorria no final do ano, agora optou-se por realizá-la, também em julho, quando as oficinas entram em recesso, o que vem motivar ainda mais os alunos. Essa prática já ocorreu com pelo menos 22 oficinas, em 2012, produzindo resultados bastante positivos. Na abertura teremos apresentação da pianista Fernanda Bishof.

 

Sábado 28/07 no Sobradão do Porto tem

Jongo Maracatu e Fandango Caiçara

Pelo Ponto de Cultura Olhares de Dentro, o Grupo “Ô de Casa” vai se apresentar em frente ao Sobradão do Porto (Praça Anchieta-Centro), com apoio cultural da Fundart.

Será sábado, dia 28/07, às 17 horas.


Dupla Zé Pedro e Manoel

Lança CD em Ubatuba

A dupla sertaneja de Ubatuba, Zé Pedro e Manoel, acaba de lançar o CD, Amigos, com repertório de sua própria autoria. O disco, que vinha sendo planejado a um bom tempo, tem apoio institucional da Fundart e os autores salientam, ainda, o reconhecimento dos amigos Flávio Valadão e Manfred.


“SISTEMA NACIONAL DE CULTURA” SEDIOU

SEMINÁRIO REGIONAL EM UBATUBA

Com representação de oito municípios Seminário teve a presença do Ministério da Cultura e adesão oficial de Ubatuba ao Sistema Nacional de Cultura do MinC, comunicada pelo representante do Prefeito Eduardo César, Clingel Frota.

Em torno de noventa pessoas participaram do evento, no último dia 16 de julho no Sobradão do Porto, patrocinado pela Fundart e Prefeitura de Ubatuba, com a representação do Ministério da Cultura para o Estado de São Paulo. Falando em nome do prefeito Eduardo César, Clingel Frota, Chefe de Gabinete, deu a ótima notícia do evento: “O prefeito já efetuou e encaminhou, online, o cadastramento do município, ao Ministério da Cultura e tão logo haja a devolutiva, ato contínuo, fará a assinatura do termo”, e acrescentou: “o tema cultura deixará de ser isolado na Administração Pública para se tornar uma política de governo, o que transcende a vontade de apenas um gestor, submetendo-se ao interesse maior da sociedade como um todo”, finalizou Clingel, ao agradecer os representantes do Ministério e os demais componentes da mesa, o presidente da Fundart, Pedro Paulo e o Vereador Adilson Lopes.

A convite da Fundart e da Prefeitura, a presença dos representantes do MinC, de São Paulo, conferiram conteúdo especial ao evento, com falas esclarecedoras sobre o funcionamento do Sistema Nacional de Cultura. Valério Bemfica, Chefe da Representação do Ministério da Cultura no Estado de S. Paulo, Frederico Roth, representante da UNESCO junto ao Ministério e Mônica Fonseca Severo, falaram com o público durante as quase três horas de duração do evento que registrou sucesso.

Além de agradecer a todos e, enfaticamente, aos representantes do MinC. Pedro Paulo exaltou a importância do Seminário e principalmente a adesão oficial de Ubatuba ao Sistema. “Há que se registrar que se trata de momento histórico para Ubatuba e sua cultura e por isso agradeço ao Prefeito Eduardo, bem como a todos aqueles participantes da primeira e da segunda Conferência Municipal da Cultura”.

A Fundart realizou a 1ª Conferência de Cultura, em 2009 e a 2ª, recentemente, visando a criação do Conselho Municipal de Cultura e consequente inserção de Ubatuba no Sistema Nacional para que possamos participar dos programas estaduais e federais, usufruindo de seus recursos e cumprindo os padrões estabelecidos por políticas públicas de cultura”.

Dos 645 municípios do Estado de S. Paulo, apenas 93 aderiram, até agora, ao Sistema. Ubatuba estará brevemente inscrito, dando passo muito importante.

 

Matéria sobre a realidade dos índios do Brasil

Mostra estudo de autora local

A “Revista Repasse”, ano 01 –nº01, da Editora Casa e Cultura, apresenta uma matéria importante sobre os nossos índios, intitulada “A realidade atual dos índios brasileiros”, de autoria de Maria Aparecida Honório – Ceci. Em seu segundo parágrafo, Ceci nos diz: “índio é uma categoria genérica, que não remete a nenhuma identidade cultural específica, mas ao fato de o indivíduo ser nativo de um determinado lugar. Os invasores europeus, acreditando terem chegado às Índias, e não ao Brasil, chamaram os habitantes do local de “índios”. A matéria tem sequência com informações preciosas sobre o assunto. Maria Aparecida Honório é doutora em Linguística, Psicóloga e Pesquisadora do Núcleo de Estudos da Memória, Cultura, Orali dade e Imagem, da Universidade de Brasília, e do Grupo de Pesquisa História das Comunidades de Falantes da FFCL da USP, entre outras participações no mundo acadêmico. Fez palestra recente na Fundart, quando lançou seu livro, MBA´EPU ETE´I – Instrumentos Sagrados: narrativas, confecção e uso – a partir da Comunidade guarani da TeKoa Jaexaa Porã de Ubatuba. Referida obra está à venda na Fundart.

“Felizmente estão aparecendo, mais recentemente, publicações com foco na cultura, contrariando outras, de conteúdo fútil”, disse o presidente da Fundart.

 

Mariana Cioromila

“Um privilégio de Ubatuba”

Pouquíssimos sabem que em Ubatuba vive, desde 2001 a famosa mezzo-soprano Mariana Doina Helzberg Cioromila. Natural da Romênia, atuou em 64 papéis de Ópera incorporadas em 30 anos de atividade artística em 32 países do mundo. É vencedora de 6 Concursos Internacionais de Canto: Barcelona, Atenas, Moscou, Rio de Janeiro, Holanda e Áustria. No Brasil cantou por três vezes no Festival de Manaus, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e no Municipal de São Paulo.

O último prêmio conquistado por Cioromila foi a Ordem do Mérito Cultural Carlos Gomes, no dia 27 de fevereiro de 2012, da Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino – SBACE, em São Paulo. É doutora em Canto Lírico pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp. Atualmente, é professora da Oficina de Canto Lírico da Fundart.

Sua grande experiência e talento a levou a atuar com Plácido Domingo, José Carreras, Gioseppe di Stefano, Giuseppe Patane, Gianfranco Masini, René Jacobs, Zubin Metha dentre muitos outros. Lecionou canto lírico na UNICAMP, Universidade Livre de Música “Tom Jobim” e Cantareira S. Paulo. Os críticos do mundo musical internacional descreveram a técnica e a interpretação de Mariana Cioromila como: “calor vocal e coloraturas rápidas nos agudos e graves”…; “voz e técnica muito segura”…; “encantadora presença cênica de voz ampla, com graves inquietantes, chantili como jovem e fina, sensível, quando madura…” Personalidade que soube parar em glória e oferecer aos jovens a maturidade profissional.

Mariana Cioromila é professora da Oficina de Canto Lírico da Fundart, o que privilegia, à nossa Fundação. É um privilégio de Ubatuba.

Pedro Paulo T. Pinto


Cultura Tradicional de Ubatuba no

“Revelando São Paulo” – em São José dos Campos

Através da Prefeitura e da Fundart, a Cultura caiçara de Ubatuba está representada no Revelando São Paulo (Secretaria de Estado da Cultura – Abaçai Cultural), em São José dos Campos. O importante evento que reúne anualmente a produção cultural tradicional paulista, tem a participação de Ubatuba com a culinária e o artesanato (típicos), além da apresentação dos grupos de Folia de Reis, Folia do Divino e Congada de Bastões, bem como de representação do grupo, Ô de Casa, do Quilombo da Fazenda, pelo Ponto de Cultura Olhares de Dentro, o que ocorreu no último dia 09 de julho.

 

Lei Municipal Reconhece

“Maria Comprida” Patrimônio Histórico

A Lei Municipal 3559, de 19 de junho de 2012, do Vereador Adilson Lopes, “reconhece como Patrimônio Histórico, Cultural e Social de interesse Turístico do Município de Ubatuba a canoa “Maria Comprida”. Aprovado pela Câmara Municipal, o documento foi, sancionado pelo Prefeito Eduardo César. A lei estabelece que a manutenção e a conservação da histórica canoa fica a cargo da Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba – Fundart.

Em seu Art. 3º diz o documento: “Fica sob responsabilidade da Fundart, criada pela Lei Municipal nº 893, de 25/11/1987, a elaboração e construção de um espaço adequado (Memorial) para a exposição da canoa “Maria Comprida” e de todo o seu histórico, atendendo assim a sociedade ubatubense e os turistas que visitam a cidade, podendo essa edificação ser realizada em parceria público – privado.

História

Conduzida pelos remadores ubatubenses, Artur Alexandrino, Jango, Barroso, Carrinho e Nilo, a canoa Maria Comprida foi levada, a remo, da Praia do Itaguá até Santos (Ponta da Praia) em 1973, em memorável expedição coordenada pelo professor Joaquim Lauro Monte Claro Neto. A travessia foi realizada em dois dias e meio numa verdadeira aventura que marcou intensamente o orgulho caiçara. O fato foi grandemente comemorado. Na sequência os mesmos remadores realizaram travessia Ubatuba a Paraty, bem como participaram de muitos eventos do gênero, sempre com grandes performances.

Na última Festa de São Pedro Pescador, no último dia 30 de junho, a Fundart homenageou os feitos da canoa Maria Comprida e seus remadores da época, e o professor Joaquim Lauro, durante a Corrida de Canoas. “Maria Comprida”, restaurada recentemente, foi colocada no mar e conduzida em apresentação pelos participantes mais antigos da referida corrida. Saiu em cortejo acompanhada pelas canoas participantes do evento, com grande salva de palmas do público presente.

 

Concurso Literário Ubatuba – 2012

Inscrições estão abertas na Fundart e o

Regulamento está em nosso site: http://www.fundart.com.br

Dia 18 de maio, às 20 horas a Fundart realizou o Lançamento do Concurso Literário Ubatuba – 2012, com um Sarau Litero Musical. O evento que acontece há vinte e quatro anos. A partir da criação da Fundart, em 1987, passou a ser promovido pela instituição cultural, que ampliou sua abrangência. Mais de duzentas e cinquenta obras vêm sendo inscritas nos últimos três anos. O Concurso de Poesia “Idalina Graça”, Concurso de Conto “Washington de Oliveira” e o Concurso de Texto de Teatro “Tia Helô”, compõem o evento.

Na abertura, dia 18, este ano foi homenageado o renomado poeta Cassiano Ricardo, filho de São José dos Campos, e único escritor do Vale do Paraíba, e por vizinhança, do Litoral Norte, que pertenceu a Academia Brasileira de Letras.

O compositor, violonista e cantor Joca Freire se apresentou com musicas que compôs para poemas de Cassiano Ricardo e o jornalista Júlio Ottoboni, especialista da obra do poeta, proferiu palestra sobre o trabalho do importante autor.

AS INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO LITERÁRIO UBATUBA-2012 ESTÃO ABERTAS NA SEDE DA FUNDART – PRAÇA NÓBREGA, 38. INFORMAÇÕES PELOS TELEFONES 3833-7000 / 7001. AS INSCRIÇÕES E REGULAMENTO PODERÃO SER ACESSADAS EM NOSSO SITE WWW.FUNDART.COM.BR

 

Oficina de Maracatu

É próxima atração na Fundart

Em agosto a Fundart irá iniciar uma Oficina de Maracatu. O projeto, contratado no inicio do ano, não foi iniciado por questões técnicas ligadas ao instrumental (alfaias e xequerês). Oportunamente serão abertas as inscrições.


Oficina Teatro de Animação na Fundart

De 2 de agosto a 20 de setembro, todas as quintas-feiras, a partir das 18 horas, no Sobradão do Porto, teremos a Oficina de Construção de Marionetes Ecológicos, sob a orientação de Anderson Guiam, da Cia. Fulô (Teatro de Bonecos de Ubatuba). A promoção é da Fundart através da Oficina Cultural “Altino Bondesan” – São José dos Campos, Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Inscrições limitadas: (12)91177533 – 96337727 – andersonguiam@yahoo.com.br , ou ainda na Fundart, telefones: 3833-7000/7001

 

PRÓXIMOS EVENTOS FUNDART

– Concurso Literário Ubatuba/2012

– Caiçarada – em Agosto

 

Espaço Associação Lira Padre Anchieta de Ubatuba

“Educação Musical e qualidade de vida”

Cursos

Associação Lira Padre Anchieta e Fundart oferecem os seguintes cursos:

1 – Coro Adulto da Lira – Aulas de Coral nos dias de segunda e sexta feira das 19 às 21 horas no casarão da FUNDART – Sala Maestro Herculano.

2 – Lira do Amanhã – Projeto que tem como objetivo o ensino da musica instrumental a crianças de 9 a 16 anos de idade. As aulas acontecem aos sábados das 14 às 17 horas no casarão da FUNDART – Sala Maestro Herculano.

3 – Bateria e Percussão – Curso sem limite de idade com início no dia 08 de agosto nos dias de segunda e quarta feiras nos períodos de manhã, tarde e noite no Sobradão da Fundart – Sala Maestro Pedrinho.

Atenção:

Está a venda na Fundart o Cd comemorativo aos 50 anos da Banda Lira Padre Anchieta.

 

Agenda Cultural Fundart

Julho

Dia 26 – Quinta Feira

9h45 – Banda Lira Padre Anchieta

Em Frente ao Antigo Fórum – Praça Nóbrega, 54 – Centro

Dia 26 à 29 – Quinta-feira à Domingo

19h00 – Festival do Camarão

Praia da Almada

Dia 27, 28 e 29 – Sexta à Domingo

20h00 – Exposição da Oficina Cultural de Fotografia

Apresentação de Piano com Fernanda Bischof

Sobradão do Porto

Dia 28 – Sábado

17h00 – Apresentação do Grupo “Ô de Casa”: Jongo, Maracatu e Fandango Caiçara

Sobradão do Porto

21h00 – Banda Lira Padre Anchieta

Praça Exaltação à Santa Cruz

Dia 29 – Domingo

21h00 – Grupo Musical “Sexteto Caiçara”

Sobradão do Porto