Quilombo(la)s

Referências bibliográficas_____________________

ALMEIDA, Alfredo W. B de. Quilombos: sematologia face a novas identidades. In: SMDDH; CCN. (Org.) Frechal Terra de Preto: Quilombo reconhecido como Reserva Extrativista. São Luís, 1996, p. 11-19.

_____. Os Quilombos e as Novas Etnias. In: O´Dwyer, Eliana C. (Org.) Quilombos: identidade étnica e territorialidade. Rio de Janeiro. Editora FGV, 2002, p.83-108.

_____. Terras de preto, terras de santo, terras de índio: uso comum e conflito. In: Terras de Quilombo, terras indígenas, “babaçuais livres”, “castanhais do povo”, faxinais e fundos de pasto: terras tradicionalmente ocupadas. Coleção “Tradição & Ordenamento Jurídico”. Vol. 2. Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia (PPGSCA-UFAM, Fundação Ford). Manaus, 2006, p. 101-132.

ALONSO, Sara. Um exercício reflexivo da produção temática dos remanescentes comunidades de quilombo. In: Fazendo a unidade: uma perspectiva comparativa na construção de Itamoari e Jamary como quilombos. 2004. Tese de Doutorado em Antropologia Social, apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, p. 43-93.

ANDRADE, Lúcia M.M . Os Quilombos da Bacia do Rio Trombetas: Breve Histórico. In: O´Dwyer, Eliana C. (Org.) Terra de Quilombos. Edição ABA – Associação Brasileira de Antropologia . Rio de Janeiro, 1995, p. 47-60.

ARRUTI, José Maurício A.P. A Emergência dos ‘Remanescentes’: notas para o dialogo entre indígenas e quilombolas. In: MANA 3(2), 1997. p7-38

_____. O quilombo conceitual: para uma sociologia do artigo 68 do ADCT. In: Texto para discussão: Projeto Egbé – Territórios negros (KOINONIA), 2003.

_____. Mocambo: antropologia e história do processo de formação quilombola. Bauru-SP: Edusc, 2006.

BAIOCCI, Mari de N. Kalunga: Sagrada Terra. In: O´Dwyer, Eliana C. (Org.) Terra de Quilombos. Edição ABA – Associação Brasileira de Antropologia . Rio de Janeiro, 1995, p. 35-46.

BANDEIRA, Maria de Lourdes. Terras negras: invisibilidade expropriada. Núcleo de Estudos sobre identidade e relações interétnicas, Florianópolis, ano 1, nº2, 1991. Textos e Debates. Núcleo de Estudos sobre Identidade e Relações Interétnicas.

BARTH, Fredrik. Os grupos étnicos e suas fronteiras. In: P. Poutignat & J. Streiff-Fenart (Orgs.) Teorias da identidade. São Paulo: UNESP, 1998, p. 185-227.

CARVALHO, José Jorge. Prefácio. In: CARVALHO, José Jorge. (Org.) O Quilombo do Rio das Rãs. Histórias, Tradições, Lutas. Salvador: EDUFBA, 1996, p. 7-10.

CARVALHO, Maria Celina. Introdução e Cap. 1 – Sobre Quilombos. In: Bairros negros do Vale do Ribeira: do “Escravo” ao “Quilombo”. 2006. Tese de Doutorado em Ciências Sociais, apresentada ao Departamento de Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas. Cap. 1 – Sobre Quilombos, p. 3-8.

DORIA, Siglia Z. O Quilombo do Rio das Rãs. In: O´Dwyer, Eliana C. (Org.) Terra de Quilombos. Edição ABA- Associação Brasileira de Antropologia. Rio de Janeiro: 1995, p. 3-34.

DORIA, Siglia Z. e CARVALHO, José Jorge. O processo de ocupação do da região do Rio das Rãs. In: CARVALHO, José Jorge. (Org.) O Quilombo do Rio das Rãs. Histórias, Tradições, Lutas. Salvador: EDUFBA, 1996, p. 83-114.

FIGUEIREDO, Leandro M. Remanescentes de Quilombos. Índios, meio ambiente e segurança nacional: ponderação de interesses constitucionais. In: NEAD DEBATE (Org.) O Incra e os desafios para a regularização dos territórios quilombolas: algumas experiências.

GUSMÃO, Neusa Maria M. Caminhos transversos: território e cidadania negra In: O´Dwyer, Eliana C. (Org.) Terra de Quilombos. Edição ABA- Associação Brasileira de Antropologia . Rio de Janeiro, 1995, p. 61-78.

_____. Introdução. In: Terra de Pretos, Terra de Mulheres: terra, mulher e raça num bairro rural negro. Fundação Cultural Palmares/MINC. Brasília: NEAD/MDA, [1995] 2006, p. 57-69.

LEITE, Ilka B. Os quilombos no Brasil: questões conceituais e normativas. Disponível em http://www.nead.org.br/index.php?acao=artigo&id=21

LINHARES, Luís Fernando. Comunidade negra rural: um velho tema, uma nova discussão. Artigo do mês. NEAD/MDA. In: http://www.nead.org.br/index.php?acao=biblioteca&publicacaoID=215.

SILVA, Dimas Salustiano. Constituição e diferença étnica: o problema jurídico das comunidades negras remanescentes de quilombo no Brasil. In: O´Dwyer, Eliana C. (Org.) Terra de Quilombos. Edição ABA- Associação Brasileira de Antropologia. Rio de Janeiro, 1995, p. 95-110.

WEBER, Max. Relações comunitárias étnicas. In: WEBER, Max. Economia e sociedade, Vol. 1. São Paulo: Imprensa Oficial e Editora UnB, 2004. Tradução de Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa, a partir da 5a. edição, revista, anotada e organizada por Johannes Wincklemann. Revisão Técnica de Gabriel Cohn.

PRICE, Richard. Introduction. In: PRICE, Richard (Org) Maroon Societies: Rebel Slave Communities in the Americas. New York: Doubleday/Anchor,1973.

Documentos

ABA. 1994. Documentos do Grupo de Trabalho sobre as comunidades negras rurais. In: Boletim Informativo NUER, n. 1.

BRASIL. Constituição da Republica Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988.

BRASIL. Decreto Presidencial 3551/2000 de 04 de agosto de 2000. Institui o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial que constituem patrimônio cultural brasileiro, cria o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial e dá outras providências. http://www.cultura.gov.br/legislacao/decretos/index.html

BRASIL. Decreto Presidencial 4.887/2003 de 20 de novembro de 2003. Regulamenta o procedimento para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos de que trata o art. 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. In: Diário Oficial da União, Edição n. 227, 21/11/2003.

BRASIL. Decreto Presidencial 5051/2004 de 19 de abril de 2004. Promulga a Convenção n° 169 da Organização Internacional do Trabalho – OIT sobre Povos Indígenas e Tribais. In: http://www.trt02.gov.br/geral/tribunal2/Legis/Decreto/5051_04.html

BRASIL. Decreto Presidencial 6.040/2007, de 7 de fevereiro de 2007. Institui a Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais In: http://www.cedefes.org.br/new/index.php?conteudo=materias/index&secao=5&tema=25&materia=3371 em 25 de maio de 2007.

BRASIL. Instrução Normativa Nº 20, de 19 de Setembro de 2005 do Ministério do Desenvolvimento Agrário-Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Regulamenta o procedimento para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação, desintrusão, titulação e registro das terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos de que tratam o Art. 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Federal de 1988 e o Decreto nº 4.887, de 20 de novembro de 2003. In: Diário Oficial da União, Edição n. 185, 26/09/2005.

BRASIL. Portaria n° 6 DE 1º DE MARÇO DE 2004 do Ministério da Cultura-Fundação Cultural Palmares. Regulamenta o procedimento para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades de quilombo de que trata o art. 68/ADCT, e o disposto nos arts. 215 e 216 da Constituição Federal. In: Diário Oficial da União, Edição n. 43, 04/03/2004.

Anúncios

Um pensamento sobre “Quilombo(la)s

Qual o significado dessa ação para a sua vida?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s