Mediação cultural com os parceiros de Cambury: o rio que muda…

Caros Amigos e Amigas do Quilombo Cambury!!!
A obra está disponível para DOWNLOAD na Biblioteca Digital da USP:

Estação memória Cambury: mediação cultural com os parceiros do rio que muda

http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-19112013-161748/pt-br.php

RESUMO: estudo exploratório sobre o processo de mediação e apropriação cultural de informação em um contexto social, marcado historicamente pela expropriação cultural – Cambury – uma comunidade rural formada por pescadores e quilombolas que vivem na Mata Atlântica. A análise de campo e as reflexões teóricas se debruçaram sobre o papel do mediador e dos dispositivos informacionais, tendo como referência metodológica a pedagogia dialógica das Oficinas de Memória, espaço privilegiado para experimentação de saberes, trocas culturais e simbólicas. Como resultado, formulamos categorias significativas de análise do mediador cultural, cujo amálgama de saberes (informacionais; procedimentais e atitudinais) julgamos indispensável aos processos de significação em territórios simbólicos diferenciados. Como produto de conhecimento no campo da pesquisa social aplicada, criamos o dispositivo infoeducativo – Estação Memória Cambury – conjugado à interface de comunicação digital; e desenvolvemos referenciais teóricos e metodológicos que podem contribuir em futuras práticas infoeducativas que favoreçam a produção, circulação e apropriação social de saberes com os sujeitos do saber, confrontando-os com a questão do sentido da vida, do mundo e de si mesmos.

Protagonistas de Cambury, 2011-2013.

Protagonistas de Cambury, 2011-2013.

SANTOS, Edison Luís dos. Estação memória Cambury: mediação cultural com os parceiros do rio que muda.

São Paulo: ECA, USP, 2013. 101p.

Forte abraço do Edison, o violeiro!

Anúncios

Convite: defesa dissertação – Estação Memória Cambury

Prezados amigos e amigas da Estação Memória Cambury!

Com prazer e alegria, publicamos este CONVITE, para que todos venham participar e assistir à Defesa Dissertação de Mestrado, cujo título é o seguinte:

Estação Memória Cambury: mediação cultural com os parceiros do rio que muda

 

Autor: EDISON LUÍS DOS SANTOS

Orientadora: Profa. Dra. IVETE PIERUCCINI

Nível: MESTRADO

 

DATA: 30 de setembro de 2013 – segunda-feira, 10:00 h.

LOCAL:

Escola de Comunicações e ArtesECA USP

Sala Egon Schaden, 1º andar,  Prédio Central

Mapa http://www3.eca.usp.br/localizacao

Conto com a presença de todos vocês, pois esta obra não é uma canoa de um só pau. Resultou do trabalho colaborativo, dos diálogos e trocas simbólicas compartilhadas ao longo de dois anos com os protagonistas (caiçaras e quilombolas) do Cambury.

Desde já, agradecemos a todos pelo esforço coletivo, apoio e amizade!!!

“Tudo vale a pena, se a alma não é pequena”. (Fernando Pessoa)

Beijos! E muita saúde a todos!

EDISON SANTOS – https://estacaomemoriacamburi.wordpress.com/

Futebol intercultural na praia do Cambury – Memória

Com prazer, registramos a memória de uma partida de futebol memorável: o torneio regional de futebol intercultural foi organizado por Sr. Badeco, caiçara sanfoneiro, sociabilidade e cotidiano na Praia do Cambury, Abril de 2012.

Título: Futebol intercultural na praia do Cambury | Ficha técnica: BRASIL, 2012, colorido., 12m59s.
Resumo: este vídeo contém o registro audiovisual de uma Partida de futebol especial, realizada em 22 de abril de 2012 no campinho oficial de Cambury, à beira da praia. O torneio entre equipes reuniu vários times do litoral norte, formados por caiçaras, quilombolas e indígenas. Além de momento importante na sociabilidade e trocas de informações entre os diversos grupos sociais, o evento foi organizado por Sr. Badeco, homem simples do Cambury, tocador de sanfona, que também treina o time feminino local.
Ao final das partidas, os participantes se reuniram no Bar do Isaías e Donato, de frente para o campo, para molhar o bico e conversar com os amigos.
Tags: Futebol, Educação, Cultura, Arte, Quilombo, Indios, Brasil, Cambury
Link para a VIDEOTECA DO CAMBURY NO Vimeo: https://vimeo.com/72148259

Vídeo “Quilindo Quilombo”, de Davy Alexandrisky, na videoteca do Cambury

BIBLIOTECA DO QUILOMBO CAMBURY – http://tecnicabiblioteconomia.wordpress.com/

Sobre os quilombolas e o seu passado de luta. Assistam ao

Vídeo “Quilindo Quilombo”, de Davy Alexandrisky.

viaVídeo “Quilindo Quilombo”, de Davy Alexandrisky.

Memória viva da cultura de Cambury “Vai quem quer”

Bloco carnavalesco do Cambury “Vai quem quer”

A elite cultural do país costuma ignorar a existência das festas populares. A boa notícia é que em 2013, o bloco de carnaval popular do Cambury “Vai quem quer” foi reconhecido pela Fundart e a Secretaria de Cultura do município, como um dos mais antigos da cidade de Ubatuba.

O idealizador e promotor da tradicional marcha de carnaval é o caiçara conhecido como Simão Preto, homem simples, cordial e hospitaleiro, que mora no setor Jambeiro do bairro do Cambury, entre o mangue e a praia. Lá, ele recebe vários amigos e outros amantes do samba para se divertir, trocar ideias e pensar formas de intervenção cultural na região norte do estado de São Paulo, bastante esquecida pelo poder público há algumas décadas.

Simão Preto, mestre e regente do tradicional bloco do Vai Quem Qué, divide seu quintal com uma comunidade de guaiamuns, caranguejos de restinga. Neste vídeo ele nos conta como seus inquilinos reagem à presença da luz. “É o guaiamum em choque com a noite que reluz! Óh que saudade!”

Simão Preto é como um mestre griô que reúne amigos em torno do canto, da música e do batuque dos tambores, expressão cultural que faz parte da tradição dos moradores caiçaras e quilombolas do bairro do Cambury, divisa entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Veja galeria de imagens sobre o Bloco de Carnaval “Vai Quem Quer”, organizado por Simão Preto, na praia do Cambury:

https://estacaomemoriacamburi.wordpress.com/protagonistas/simao-preto/.

Camiseta oficial do bloco de carnaval do Cambury "Vai quem quer", 10 de fevereiro de 2013.

Camiseta oficial do bloco de carnaval do Cambury “Vai quem quer”, 10 de fevereiro de 2013.

Os êxitos de 2012!

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog.

Aqui está um resumo:

600 pessoas chegaram ao topo do Monte Everest em 2012. Este blog tem cerca de 5.800 visualizações em 2012. Se cada pessoa que chegou ao topo do Monte Everest visitasse este blog, levaria 10 anos para ter este tanto de visitação.

Clique aqui para ver o relatório completo

Oficinas de Memória: Arte, Cultura e Informação

Está chegando a hora de comemorarmos a SEMANA CONSCIÊNCIA NEGRA!!!

 Participe e convide os seus amigos!!!

PROGRAMAÇÃO

Oficinas de Memória: Arte, Cultura e Informação

15 a 20 de Novembro 2012

Escolinha Jambeiro, Cambury, Ubatuba, SP

escolinhajambeiro@gmail.com

15 nov (quinta-feira) ||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

10h – APRESENTAÇÃO

Início Oficina

DESENHO BÁSICO

MOSTRA GRAVURAS

DJANIRA/PINACOTECA

14h – NARRATIVA

Jogo do conto

Memória oral/escrita

17h Saberes locais (vídeos)

Canoa Caiçara *, 2009, col., 25 m.

Casa da Farinha, 1970, col., 13 m.

Pesquisar Infoteca digitalEMC

18h – Bate papo – Conversa

 

16 nov (sexta-feira) ||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

10h – XILOGRAVURA

TÉCNICA ENTALHE

14h – CORDEL

LEITURA

PESQUISA (biblioteca/internet)

Filme Mostra –Tarde/Noite

CAFUNDÓ *, BRA, 2006, col., 101 m.

Bate papo – Conversa

17 nov (sábado) |||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

MATINÊ – Filme Mostra

14h – Kiriku e a feiticeira*, 1998, col., 71m.

Bate papo – Conversa

 

19hENCONTRO MUSICAL

Cantos Afro e Caiçara (audições)

 

Filme Mostra –Tarde/Noite

BESOURO *, BRA, 2009, col., 94 m.

Bate papo – Conversa

18 nov (domingo) |||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

10h – XILOGRAVURA

TÉCNICA ENTALHE

14h – XILOGRAVURA

TÉCNICA IMPRESSÃO

 

16h – EXPERIMENTAÇÃO MUSICAL

Memória Auditiva

Filme Mostra – Tarde/Noite

CHICO REI *, BRA, 1986, col., 115 m.

Bate papo – Conversa

19 nov (segunda-feira)||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

9h

OFICINA DE RESTAURO E CRIAÇÃO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS

Ensaios / secagem de impressões

Filme Mostra – Tarde  

Atabaque de nzinga*, BRA, 2007, 87 min.

Ori*, BRA, 1989, 53 min.

Bate papo – Conversa

 

20 nov – Dia Nacional da Consciência Negra ||||||||||||||||||||||||

9 às 18hs

EXPOSIÇÃO

FOTOGRAFIA DESENHO, XILOGRAVURA

MOSTRA DE CURTAS – CINEPIPOCA**

Construtores – Zumbi

Dos grilhões ao quilombo

Retrato em preto e branco

LANCHE COLETIVO – FESTA

RODA

DANÇA

CIRANDA

Circo Aries Marioto

CAPOEIRA

O CONVITE ESTÁ ABERTO A TODOS QUE DESEJAM PARTICIPAR.

(?) Horários a confirmar no local.

Poderá haver remanejamento dos filmes e horários.

(*) Idade recomendada: Acima dos 12 anos.

(**) Censura livre.

 

Inscrições para as Oficinas podem ser feitas no local.

Todas as Atividades Culturais são GRATUITAS e abertas aos participantes!

Divulgue no seu Twitter – Oficinas de Memória: Arte, Cultura e Informação http://wp.me/p22aTC-8V